Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas 2000

Questão 1:

A utilização de nitrato está contra-indicada em casos de infarto:

A) anterior extenso do miocárdio

B) anterior e lateral do miocárdio

C) inferior e posterior do miocárdio

D) do ventrículo direito

E) do miocárdio, sem complicações mecânicas

 

Questão 2:

Com relação a insuficiência cardíaca diastólica:

A) o digital é o fármaco da escolha para o tratamento

B) o ecocardiograma não é um exame complementar necessário para o diagnóstico

C) o quadro clínico sempre melhora com o uso de diurético e digital

D) os fármacos de escolha para o tratamento são os beta-bloqueadores e verapamil

E) é facilmente diferenciada da insuficiência cardíaca sistólica apenas com o quadro clínico

 

Questão 3:

Com relação a um paciente com insuficiência cardíaca congestiva que apresenta derrame pleural, é incorreto:

A) o derrame tem características de transudato

B) o derrame originou-se a partir da congestão da veia cava superior

C) deve apresentar sinal de Lemos-Torres

D) o débito renal estará diminuído

E) a dispnéia e a tosse podem ser explicadas pela presença do derrame pleural

 

Questão 4:

No exame físico do tórax, os sinais de Signorelli, o sopro tubário e a diminuição do frêmito torácico podem referir-se, respectivamente, a:

A) derrame pleural, atelectasia e fibrose pulmonar

B) condensação, derrame pleural e atelectasia

C) derrame pleural de pequeno volume, condensação e atelectasia

D) derrame pleural de grande volume, condensação e atelectasia

E) derrame pleural de grande volume, hiperinsuflação e atelectasia

 

Questão 5:

Um paciente caucasóide, com 35 anos, diabético tipo 2, apresenta edema duro do membro inferior esquerdo, que se acompanha de surtos de eritema, dor local e sintomas sistêmicos de mialgia, cefaléia e calafrios. A sua doença está provavelmente relacionada com os diagnósticos de:

A) eritema nodoso e elefantíase

B) insuficiência venosa e trombose

C) Tinea pedis variante interdigitalis e erisipela de repetição

D) insuficiência renal e elefantíase

E) insuficiência cardíaca e Tinea pedis

 

Questão 6:

Uma paciente com 65 anos refere dores paroxísticas e intensas com formigamento na região frontoparietotemporal direita e metade superior da hemiface direita, com duração de três a quatro dias. Ao exame dermatológico observam-se lesões eritematosas, eritematopapulosas e vesículas agrupadas nas áreas sintomáticas, palpando-se gânglios aumentados de volume e dolorosos, nas regiões pré e retroauricular à direita. A hipótese diagnóstica e o exame especializado necessário são:

A) dermatite de contato e prova de reexposição

B) herpes-zóster do ramo oftálmico do trigêmeo e exame oftalmológico

C) doença por arranhadura do gato e exame histopatológico

D) erisipela e dosagem de antiestreptofesina

E) celulite de hemiface direita e hemocultura

 

Questão 7:

Fazem parte da síndrome plurimetabólica, exceto:

A) hipertrigliceridemia

B) hipertensão arterial

C) hiperinsulinemia

D) hiperfibrinólise

E) obesidade

 

Questão 8:

Assinale a alternativa correta:

A) a ocorrência de acidente vascular isquêmico em indivíduos jovens pode ser conseqüência de endocardite bacteriana

B) em usuários de drogas injetáveis, o tratamento da endocardite bacteriana deve ser feito com antibiótico de espectro contra S. Aureus e bactérias Gram-negativas

C) a ruptura da cordoalha durante o tratamento da endocardite bacteriana indica falha terapêutica do antibiótico empregado

D) não há necessidade de antibioticoterapia profilática, antes de procedimentos odontológicos em pacientes que apresentam endocardite bacteriana, uma vez que a mesmo não causa seqüelas nas valvas cardíacas

E) a monoterapia com antibiótico está indicada nas endocardites por S. viridans

 

Questão 9:

Com relação à leptospirose, é incorreto:

A) a infecção por Hantavírus constitui diagnóstico diferencial a ser investigado

B) a maior parte dos pacientes apresenta quadros oligossintomáticos

C) a forma ictérica pode evoluir com insuficiência renal, pneumonia intersticial e hemorragia digestiva

D) a sorologia positiva colhida na primeira semana de doença confirma o diagnóstico

E) é importante causa de meningite linfomonocitária em nosso meio

 

Questão 10:

Uma paciente com 27 anos queixa-se de que nos últimos três anos vem apresentando plenitude pós-prandial, eructação, sensação de "gosto amargo na boca" e desconforto na região epigástrica. Os sintomas relacionam-se com a ingestão de alguns alimentos (especialmente os gordurosos, massas e banana), piorando quando nervosa. Nega emagrecimento neste período. Com relação ao quadro clínico, é correto:

A) pedir obrigatoriamente endoscopia digestiva alta, na primeira consulta

B) esta paciente deve ter úlcera duodenal, uma vez que seus sintomas pioram quando está nervosa, e sabe-se que a principal causa da úlcera péptica crônica é o estresse

C) considerando o sintoma de intolerância a alimentos gordurosos, esta paciente apresenta possibilidade de 90% de ser portadora de colecistopatia crônica calculosa

D) a causa dos sintomas deve ser gastrite crônica

E) o diagnóstico pode ser dispepsia disfuncional, sendo fundamental que se estabeleça um bom relacionamento médico-paciente, que valoriza os aspectos psicossociais envolvidos

 

Questão 11:

O exame que diagnostica precocemente a icterícia obstrutiva é:

A) aumento de bilirrubina direta

B) aumento de bilirrubina direta e indireta

C) aumento da fosfatase alcalina

D) aumento de gama-GT

E) ultra-sonografia evidenciando dilatação do trato biliar

 

Questão 12:

Um rapaz mulato claro, com 20 anos, procurou atendimento médico em serviço de urgência, apresentando dores em membros inferiores e grandes articulações há dois dias. Há um dia apresenta febre (não aferida), tosse produtiva e cefaléia. Contava que o pai e a mão apresentavam anemia. O exame hematológico realizado mostrou:

Hemoglobina: 7,5 g/dL

VCM: 64 fL

Eritrócitos: 3.800.000/ M.L

Leucócitos: 10.000/ M. L (neutrófilos: 6.800/M. L)

Plaquetas: 165.000/ M. L

Foi solicitada eletroforese de hemoglobina, que revelou: Padrão: A2 + S + pouca quantidade de F

Hemoglobina A2: 4,9% (valores de referência: 1,57% - 3,57%)

Hemoglobina F : 12% (valores de referência: < 2%)

Hemoglobina S: 83% (valores de referência: ausente)

O diagnóstico e a conduta devem ser, respectivamente:

A) anemia falciforme; internação hospitalar, analgesia eantibioticoterapia

B) anemia falciforme; hidratação, analgesia e observação da evolução do quadro febril, freqüentemente autolimitado

C) hemoglobinopatia SB° - talassemia, investigação de possível foco de infecção, hidratação, analgesia e pronta antibioticoterapia

D) hemoglobinopatia SB° - talassemia; analgesia com sintomáticos (eventualmente uso de derivados de morfina), hidratação e coleta de hemoculturas para indicação precisa do antibiótico adequado

E) anemia falciforme com persistência hereditária de hemoglobina fetal; geralmente é quadro benigno, pois a hemoglobina fetal impede a polimerização de hemoglobina S, protegendo desta forma o paciente. O tratamento deve ser feito com penicilina

 

Questão 13:

Com relação à asma brônquica extrínseca atópica, é incorreto:

A) trata-se de uma manifestação mediada por IgE, localizada nos brônquios

B) estudos sugerem que a incidência está aumentando

C) a desidratação usualmente acompanha o estado de mal asmático, podendo propiciar o desenvolvimento de tampões mucosos que pioram a ventilação

D) o tratamento sempre tem como base o uso de broncodilatadores simpatomiméticos

E) aumento na contagem de eosinófilos no sangue periférico é freqüentemente observado

 

Questão 14:

Na insuficiência renal aguda associada a doenças glomerulares, o quadro de maior gravidade prognostica, no que se refere à recuperação da função renal, é representado por:

A) glomerulonefrite crescêntica, com crescentes fibrosos e necrose segmentar e focal da parede capilar

B) glomerulonefrite endocapilar exsudativa com presença de polimorfonucleares (glomerulonefrite rapidamente progressiva)

C) glomerulonefrite proliferativa difusa com necrose tubular aguda

D) glomerulonefrite com proliferação extracapilar focal

E) glomerulonefrite por lesões mínimas glomerulares com proliferação mesangial

 

Questão 15:

Um paciente com 72 anos, diabético, apresentou dor súbita em membro inferior direito, seguido de resfriamento e ausência de pulsos arteriais, desde a artéria femoral até à artéria poplítea. A arteriografia, por punção da artéria femoral contralateral, revelou trombose da artéria femoral direita. Foi submetido a enxerto cruzado fêmoro-femoral, com boa reperfusão do membro inferior direito. No pós-operatório apresentou oligúria e aumento da concentração sérica de uréia, creatinina e potássio. Com relação à doença renal:

A) o paciente deve ser tratado com diuréticos de alça para estimular a diurese

B) o melhor exame para seu esclarecimento seria a urografia excretora

C) a possibilidade de necrose tubular aguda deve ser considerada, se após hidratação adequada persistir oligúria e aumento das concentrações séricas de uréia e creatinina

D) a causa mais provável do comprometimento renal seria trombose das artérias renais

E) o paciente deveria ser submetido a hemodiálise precoce, no pós-operatório imediato,com a finalidade de evitar a progressão da nefropatia

 

Questão 16:

Assinale a alternativa incorreta:

A) a osteoatrite generalizada é uma doença freqüente em pessoas mais velhas. Sua etiologia não é bem conhecida, porém, sabe-se que fatores genéticos estão envolvidos

B) nódulos de Heberden surgem em articulações interfalanginais distais, enquanto os de Bouchard aparecem em interfalangianas proximais

C) osteoatrite de joelhos melhora com a perda de peso

D) o acometimento em punhos é muito freqüente em pacientes com osteoartrite generalizada

E) osteoartrite de quadril apresenta um prognóstico funcional ruim, uma vez que pequenos osteófitos podem levar a grandes incapacidades funcionais

 

Questão 17:

Um paciente, com 35 anos, apresenta crises importantes de falta de ar há dois anos. Referia "bronquite" dos seis aos 14 anos. Negava tabagismo. Desde a volta das crises, apresenta pequeno "chiado" noturno. Cerca de três vezes por ano tem crises graves que o fazem procurar o Pronto-socorro. Usa broncodilatador em aerosol e, nas crises, chega a usar mais de 30 aerogações, ("puffs do spray"). Ao exame físico; pressão arterial normal, pulso de 110 bpm, dificuldade respiratória visível, cianose (+) de extremidades, sibilos difusos. A saturação de O2 era 92%. Em relação a este quadro clínico, é correto:

A) trata-se de um mal asmático mal controlado, que só foi tratado com sintomáticos (beta-2 adrenérgicos) e nunca foi tratado adequadamente com corticosteróides inalatórios

B) deve investigar-se alguma doença profissional que justifique estas crises há dois anos

C) apesar do pulso elevado não há outra opção além do tratamento com beta-2 adrenérgicos

D) o paciente necessita de internação, pois a insuficiência respiratória justifica a introdução de ventilação mecânica

E) trata-se de provável cardiopatia que necessita de digitalização

 

Questão 18:

Uma paciente, com 58 anos, vem apresentando hemoptise e tosse seca há quatro semanas. Refere emagrecimento de 10 kg em quatro meses. É tabagista (45 cigarros/dia desde os 20 anos de idade). A radiografia de tórax detecta imagem nodular com cerca de 2 cm de diâmetro, em região periférica do lobo superior do pulmão direito, associado a alargamento do mediastino superior. A broncoscopia com biópsia evidenciou adenocarcinoma moderadamente diferenciado e primário de pulmão. É correto:

A) a paciente tem indicação de radioterapia neoadjuvante

B) a broncoscopia não tem valor diagnóstico sem o resultado de lavado brônquico

C) a paciente deve ser submetidas a exames de estadiamento clínico (TNM)

D) esta paciente tem indicação de mediastinoscopia, bem como todos os pacientes com diagnóstico de neoplasia primária de pulmão

E) pacientes com neoplasia de pulmão são sempre submetidos a quimioterapia

 

Questão 19:

Assinale a alternativa incorreta:

A) o acometimento neurológico no lúpus eritematoso sistêmico pode apresentar-se de variadas maneiras, desde uma cefaléia de difícil manejo até acidentes vasculares cerebrais

B) a presença de serosite na forma de pleurite, pericardite ou peritonite é pouco comum entre as pacientes com lúpus eritematoso sistêmico

C) a esclerose sistêmica é uma doença multissistêmica, que pode cursar, entre outros, com fenômeno de Raynaud, esclerodermia, envolvimento pulmonar, do trato gastrointestinal, coração e rins

D) entre as causas da síndrome do túnel do carpo podem ser destacadas: artrite reumatóide, doenças ocupacionais, tais como a doença dos digitadores, diabete melito, hipotiroidismo e acromegalia

E) a estenose do canal vertebral lombar apresenta-se com uma queixa característica de pseudoclaudicação, que melhora com a semiflexão da coluna lombar

 

Questão 20:

Alguns tipos de vírus estão relacionados à carcinogênese. Assinale a alternativa incorreta:

A) papiloma vírus (BPV) e câncer de colo uterino

B) herpes vírus e câncer de orofaringe

C) vírus de Epstein-Barr e câncer de nasofaringe

D) vírus da hepatite B e hepatocarcinoma

E) HTLV e leucemia

 

Questão 21:

O tumor encefálico mais comum após os 50 anos de idade é:

A) glioblastoma multiforme

B) meduloblastoma

C) ependimoma

D) papiloma de plexo coróide

E) pinealoma

 

Questão 22:

Aneurismas cerebrais ocorrem mais freqüentemente na artéria:

A) comunicante anterior

B) carótida esquerda

C) carótida direita

D) cerebral anterior

E) cerebral média

 

Questão 23:

Um paciente apresenta quadro de tremor em repouso, rigidez, bradicinesia, de início assimétrico, com comprometimento principalmente do hemicorpo esquerdo. O tratamento medicamentoso deve objetivar o aumento da:

A) dopamina no bulbo cerebral

B) dopamina nos núcleos da base e depleção de acetilcolina

C) dopamina nos núcleos da base

D) serotonina, GABA e acetilcolina nos núcleos da base

E) dopamina no bulbo cerebral e nos núcleos da base

 

Questão 24:

Um paciente, com 33 anos, apresenta febre intermitente, perda de peso e dificuldade respiratória há três meses. Ao exame físico constata-se a presença de derrame pleural à direita, que foi puncionado. A glicemia era 90 mg/dL, e no derrame pleural, observou-se: Cor: amarela; Aspecto: turvo; Coágulo: ausente; Leucócitos: 2.560/mm3; Hemácias: 1.400/mm3; Linfócitos: 95%; Neutrófilos: 4%; Eosinófilos: 1%; Células mesoteliais: raras; Proteína: 5,3 g/dL; Glicose: 45 mg/dL (referência: 80% da glicemia); LDH: 920 U/L (referência: até 200 U/L); Adenosina deaminase (ADA): 105 U/L (referência: até 49 U/L). Os achados sugerem:

A) pneumonia viral

B) carcinomatose pleural

C) pneumonia fúngica

D) tuberculose pleural

E) linfoma

 

Questão 25:

São transtornos do sono que produzem hipersônia diurna como sintoma mais evidente:

A) pesadelos e terror noturno

B) paralisia do sono e terror noturno

C) enurese noturna e bruxismo

D) apnéia do sono e narcolepsia

E) sonambulismo e sonolóquios

 

Questão 26:

Um paciente com hanseníase virchowiana apresenta exame de urina tipo I com proteinúria. A biópsia renal revelou a presença de substância hialina eosinófila vermelho-congo positiva nos glomérulos, parede de vasos e interstício. O diagnóstico provável é:

A) mieloma múltiplo

B) amiloidose

C) degeneração hialina de Mallory

D) arteriosclerose hialina

E) arteriosclerose hiperplástica

 

Questão 27:

A biópsia de um paciente transplantado mostrou denso infiltrado intersticial linfócito com freqüente tubulite (penetração de linfócitos no interior dos túbus) permitindo o diagnóstico de rejeição celular. A lesão descrita é um exemplo de reação do tipo:

A) anafilático

B) citotóxico mediado por complemento

C) por deposição de imunocomplexos

D) hipersensibilidade retardada

E) citotóxico mediado por linfócitos

 

Questão 28:

Uma paciente, com 30 anos, diabética insulinodependente há 15 anos, apresenta-se no retorno se sua consulta com os seguintes resultados de exames:

Glicemia de jejum = 165 mg/dL

Glicosúria e Proteinúria e de 24 horas: negativas

Urina tipo I: densidade = 1010; pH = 5,5; demais parâmetros físico-químicos normais

Sedimento: hemácias = 60/campo; leucócitos = 5/campo

Cilindros: regular número de hialinos e granulosos, raros hemáticos

Dismorfismo eritrocitário: positivo

Os dados laboratoriais sugerem a seguinte situação clínica e conseqüente conduta:

A) diabete melito compensado; conduta inalterada

B) lesão glomerular precoce; dosagem de microalbuminúria

C) litíase renal; ultra-sonografia abdominal e urografia excretora

D) insuficiência renal crônica; instituir programa de hemodiálise

E) infecção urinária; urocultura

 

Questão 29:

Um paciente com 20 anos, vítima de traumatismo raquimedular (T1-T2) há 15 dias, fio submetido a anestesia geral para laminectomia. A indução anestésica constitui em fentanil, etomidato e succinilcolina. Seguiu-se ventilação sob mascará com oxigênio a 100%, durante um minuto. Durante as manobras de laringoscopia e intubação traqueal apresentou parada cardíaca em assisotlia. A provável causa da complicação é:

A) disreflexia autonômica

B) hiperpotassemia

C) hipoxemia

D) embolia pulmonar

E) compressão medular

 

Questão 30:

Pacientes idosos são mais sensíveis aos efeitos de substâncias sedativas-hipnóticas, devido a:

A) alterações farmacodinâmicas que acompanham o processo do envelhecimento

B) redução da função renal

C) variações na ligação a proteínas plasmáticas

D) menor velocidade de metabolização hepática de substâncias lipossolúveis

E) maior distribuição dessas substâncias para o tecido adiposo

 

Questão 31:

Durante uma briga, José foi agredido por um soco que lhe atingiu o ouvido esquerdo, com hemorragia externa no pavilhão auricular. Ao ser submetido a exame médico-legal verificou-se que, em razão da agressão, houve perda de 70% da capacidade auditiva do ouvido atingido, sendo que do lado direito apresentava capacidade auditiva de 40%. Podemos dizer que a lesão corporal é:

A) gravíssima, com perda total da audição

B) grave, com debilidade permanente da audição

C) gravíssima, com debilidade permanente da função auditiva

D) grave, com perda total da função auditiva

E) grave, com perda parcial da audição

 

Questão 32:

Um jovem foi encaminhado para exame médico-legal, apresentando uma lesão corporal na lateral do antebraço, de forma retilínea, com 4 cm de comprimento, com bordas regulares e sem traumatismos dos tecidos moles subcutâneos. Esta lesão foi produzida por instrumento:

A) corto-contundente

B) cortante

C) contundente

D) pérfuro-cortante

E) pérfuro-contundente

 

Questão 33:

Paciente portador de hipertensão arterial e diabete, com antecedentes de tabagismo (mais de 10 cigarros/dia, a mais de 10 anos), apresenta quadro clínico súbito de déficit no hemicorpo esquerdo, com predomínio braquifacial. Apesar do déficit motor, apresenta-se consciente e sem queixas de cefaléia. O quadro clínico pode comportar a hipótese diagnóstica de:

A) acidente vascular cerebral hemorrágico

B) acidente vascular cerebral isquêmico

C) processo expansivo intracraniano

D) surto de esclerose múltipla

E) acidente vascular cerebral isquêmico com surto de esclerose múltipla

 

Questão 34:

O transtorno obsessivo-complusivo (TOC) classifica-se, atualmente, em duas formas: TOC com predomínio de sintomas obsessivos e TOC com sintomas predominantemente compulsivos. O que diferencia as duas subformas é:

A) no TOC-obsessivo os sintomas geram ansiedade, enquanto o TOC-compulsivo os sintomas não geram ansiedade

B) no TOC-obsessivo predomina a etiologia psicogênica, enquanto no TOC-compulsivo há predomínio da etiologia neurobiológica

C) o TOC-osessivo não responde a tratamento medicamentoso, enquanto o TOC-compulsivo responde melhor ao tratamento medicamentoso

D) o TOC-osessivo apresenta sintomas mais leves, enquanto o TOC-compulsivo os sintomas são mais graves

E) no TOC-obsessivo predominem idéias desagradáveis decorrentes, enquanto no TOC-compulsivo predominam atos repetitivos, às vezes ritualizados

 

Questão 35:

A síndrome demencial caracteriza-se principalmente por não apresentar:

A) alteração da memória

B) dispraxia

C) distúrbios da linguagem

D) sonolência ou delírio

E) agnosia

 

Questão 36:

Para estabelecer o diagnóstico de reação inflamatória glanulomatosa é obrigatório o encontro de:

A) células epitelióides

B) células gigantes do tipo Langhans

C) células gigantes do tipo corpo estranho

D) halo linfoplasmocitário

 

Questão 37:

Na autópsia de paciente portador de acidente vascular cerebral isquêmico, notam-se áreas amolecidas no cérebro. Com relação a este achado, pode dizer-se que a necrose é:

A) caseosa

B) liquefativa

C) coagulativa

D) gomosa

E) hemorrágica

 

Questão 38:

Uma paciente, com 23 anos, apresenta somente sintomas de ardor à micção, polaciúria e urgência urinária. O sedimento de urina coletada após quatro hora de estase vesical apresentava somente 35.000 leucócitos/mL e 30.000 hemácias/mL..

Assinale a alternativa correta:

A) a contagem de colônias com 120.000 Escherichia coli/mL e 80.000 Proteus mirabilis/mL confirma a suspeita clínica de infecção do trato urinário

B) a contagem de colônias com 100 Escherichia coli/mL confirma a presença de cistite

C) a presença de Staphylococus aureus confirma a hipótese de cistite, não sendo necessária a contagem de colônias, por tratar-se de microorganismo patogênico

D) a contagem de colônias superior a 100.000 bactérias/mL confirma a presença de cistite, independente da presença de 1, 2 ou 3 tipos diferentes de microorganismos

E) o quadro clínico é característico de pielonefrite, não sendo necessária a contagem de colônias

 

Questão 39:

É efeito comum às substâncias teofilina, nitroglicerina, isoproterenol e histamina:

A) estimulação direta da força de contração do miocárdio

B) taquicardia

C) aumento da secreção ácida do estômago

D) hipotensão postural

E) cefaléia latejante

 

Questão 40:

Um paciente apresenta várias equimoses de coloração azulada. Estas equimoses devem ter sido produzidas, aproximadamente, há:

A) três a seis dias

B) sete a 12 dias

C) 13 a 20 dias

D) 20 a 30 dias

E) 30 a 40 dias

 

Questão 41:

Um indivíduo disparou uma arma de fogo, tipo revólver, calibre 32, que atingiu uma pessoa a 2 metros de distância, cujo projétil penetrou na região epigástrica, produzindo hemorragia interna e morte. O orifício de entrada deverá apresentar:

A) orlas de contusão e de escoriação

B) orlas de contusão e de enxugo

C) orlas de escoriação e de esfumaçamento

D) orlas de contusão, de esfumaçamento e de enxugo

E) orlas de escoriação e de enxugo

 

Questão 42:

Uma paciente, com 60 anos, apresenta dor em região proximal do fêmur direito. O exame radiológico detecta uma imagem lítica, interessando o grande trocanter e o colo femoral, de bordos indefinidos e com permeação da cortical, porém sem reação periostal. A provável hipótese diagnóstica é tumor:

A) benigno

B) maligno primário

C) maligno secundário (metastático)

D) metastático oriundo de carcinoma de mama

E) metastático oriundo de carcinoma de tireóide

 

Questão 43:

Um paciente com 35 anos, até então assintomático, foi tirar uma caixa de cervejas cheias do porta-malas do carro quando sentiu dor aguda e muito intensa na região lombar da baixa, que se irradiava pela face posterior da coxa, perna e borda lateral do pé, à esquerda, ficando com a coluna "travada" em posição antálgica. A provável hipótese diagnóstica é:

A) ruptura do disco intervertebral entre L5 e S1 e compressão da raiz de S1

B) ruptura do disco intervertebral entre L5 e S1 e compressão da raiz de L5

C) ruptura do disco intervertebral entre L4 e L5 e compressão da raiz de L5

D) espondilolistese aguda (escorregamento) entre L5 e S1 e compressão da raiz de L5

E) achatamento por força de compressão do corpo vertebral de L5 e compressão da raiz de L5

 

Questão 44:

Um paciente com 52 anos apresenta história de baixa acuidade visual progressiva, há um ano. Na fundoscopia encontraram-se hemorragias em chama de vela, microaneurismas, exsudatos duros e algodonosos em pólo posterior, inclusive mácula.

A provável hipótese diagnóstica é:

A) síndrome ocular isquêmica

B) oclusão da veia central da retina

C) retinopatia diabética

D) deslocamento de retina

E) uveíte posterior

 

Questão 45:

Você está de plantão no Pronto-socorro de um hospital geral, quando chega um paciente com provável perfuração ocular. A sua conduta imediata deverá ser:

A) lavar o olho com soro fisiológico para retirar prováveis corpos estranhos

B) ocluir o olho com concha de proteção

C) retirar corpo estranho com "cotonete" estéril

D) curativo compressivo com pomada lubrificante de antibiótico

E) iniciar antibioticoterapia tópica profilática

 

Questão 46:

Um paciente, com 32 anos, chega ao Pronto-socorro com história de intensa dor em olho direito, com início no meio da noite, acompanhada de hiperemia conjuntival, fotofobia e lacrimejamento importante, sem diminuição da acuidade visual. Refere trabalhar em fábrica de autopeças e que não apresentava sintomas no dia anterior.

A hipótese diagnóstica é de:

A) queimadura química

B) conjuntivite infecciosa

C) queimadura por solda elétrica

D) glaucoma agudo

E) corpo estanho de córnea

 

Questão 47:

Um paciente, com 18 anos, apresenta quadro de hipoacusia, zumbido noturno e otorréia esporádica à direita, que melhorava com o uso de gotas auriculares. À audiometria tonal observa-se a presença de uma surdez do tipo condutiva, leve, no ouvido direito. A provável hipótese diagnóstica é otite média:

A) crônica simples

B) aguda de repetição

C) secretora

D) crônica colesteatomatosa

E) crônica supurativa

 

Questão 48:

Um paciente, com 55 anos, apresenta quadro de rouquidão progressiva, nos últimos seis meses, leve emagrecimento e tosse seca. Tem antecedentes importantes de alcoolismo e de tabagismo. Ao exame laringoscópico indireto observou-se paralisia unilateral e lesão exofítica, que ocupava toda a prega vocal esquerda. A possível hipótese diagnóstica é:

A) laringite crônica hipertrófica

B) pólipo de laringe

C) papiloma de laringe

D) carcinoma de laringe

E) laringite crônica glanulomatosa

 

Questão 49:

À radiografia do tórax de um paciente jovem observamos massa ganglionar hilar unilateral. O diagnóstico provável é:

A) leucemia

B) linfossarcoma

C) tuberculose

D) sarcoidose

E) histiocitose

 

Questão 50:

À radiografia de abdômen simples de um paciente observamos a presença de múltiplas calcificações na zona de projeção pancreática. A provável hipótese diagnóstica é:

A) cistoadenoma pancreático

B) pancreatite crônica

C) insulinoma

D) pancreatite aguda esteato-necrótica

E) cisto hidático

 

Questão 51:

As doenças a seguir podem cursar com lesões osteolíticas, exceto:

A) Niemman-Pick e Hand-Schuller-Christian

B) artrite reumatóide e gota

C) histiocitose e leucose

D) lúpus eritematoso e poliomielite

E) psoríase e mieloma múltiplo

 

Questão 52:

A gestação prolongada é uma condição obstétrica que se associa a aumento do risco perinatal. São implicações neonatais do pós-datismo, exceto:

A) tocotraumatismo

B) anóxia perinatal

C) hipotermia

D) policitemia

E) enterocolite necrotizante

 

Questão 53:

No seguimento ambulatorial de crianças com baixa estatura de causa familiar, podemos observar:

A) puberdade tardia

B) atraso na idade óssea

C) desaceleração da velocidade de crescimento

D) velocidade de crescimento anormal

E) puberdade precoce

 

Questão 54:

Foi diagnosticada hipoglicemia em um recém-nascido pequeno para a idade gestacional. O distúrbio metabólico é provavelmente devido a:

A) hiperinsulinismo com consumo aumentado de glicose

B) deficiência na glicogenólise e gliconeogênese

C) hiperplasia das células beta do pâncreas

D) aumento das catecolaminas por ocasião do parto, mobilizando glicogênio hepático

E) associação com diabete materno, comum em recém-nascido desnutrido

 

Questão 55:

Lactente, com dois meses, trazido ao Pronto-socorro com história de diarréia há dois dias, sem vômitos, com febre. Gasometria, inicial: pH = 7,0 (referência: 7,35 – 7,45); pCO2 = 18 mmHg (referência: 83 – 108 mmHg); bicarbonato = 6 mM/L (referência: 18 – 21 mM/L). Assinale a alternativa correta:

A) a terapia de reidratação oral deve ser tentada, visto que não há vômitos ou coma

B) a acidose metabólica pode ser explicada somente por excessiva perda de bicarbonato nas fezes

C) a sepse deve ser pensada como hipótese inicial; visto que existe acidose metabólica grave com acidemia

D) a primeira providência a ser tomada é a antibioticoterapia endovenosa, devido à gravidade do caso

E) após três tentativas de acesso venoso periférico sem sucesso, está indicada a punção intra-óssea

 

Questão 56:

Uma menina com três anos apresenta, há oito meses, episódios de pneumonias de repetição, caracterizados por febre (38-39° C), tosse produtiva e taquipnéia. A radiografia de tórax mostra infiltrado para-hilar à direita, compatível comprometimento de lobo médio. O estado nutricional é bom, assim como o desenvolvimento neuropsicomotor, e a imunização está atualizada. A causa mais comum de pneumonia, no presente caso, é:

A) síndrome de Löefler

B) mucoviscidose

C) deficiência de IgA

D) aspiração de corpo estranho

E) tuberculose

 

Questão 57:

Lactente com 10 meses apresenta história de palidez cutânea há dois meses, diminuição do apetite e discreta desaceleração ponderal. Recebeu aleitamento materno exclusivo até aos três meses, sendo suplementado após com mamadeira de leite em pó durante dois meses e, após foi mantido somente com leite de vaca. Foi introduzida papa de legumes e carne aos sete meses, com baixa aceitação. Recebe seis mamadeiras de 200 mL ao dia. O provável diagnóstico é:

A) infecção do trato urinário e anemia secundária

B) anemia ferropriva por baixa ingestão de ferro alimentar

C) anemia por alergia ao leite de vaca

D) parasitose intestinal e anemia por perda crônica

E) infecção do trato urinário e traço talassêmico

 

Questão 58:

Um menino negro, com 10 meses, é trazido ao Pronto-socorro com palidez e edema nas mãos. Há uma semana apresenta febre, rinorréia serosa, tosse e dispnéia. Apresenta-se em regular estado geral, temperatura = 37,9° C, FR = 60 ipm, FC = 144 bpm, descorado (++) (++++). Murmúrio vesicular presente com roncos esparsos, propedêutica cardíaca normal; abdome globoso, fígado palpável a 2cm do RCD, baço palpável a 4 cm do RCE, dor à manipulação dos dedos das mãos com dor, calor e rubor local. A provável hipótese diagnóstica é:

A) osteomielite

B) artrite séptica

C) esferocitose congênita

D) anemia falciforme

E) artrite reumatóide juvenil

 

Questão 59:

Uma menina branca, com 10 meses, é trazida ao Posto de Saúde porque há sete dias apresenta vômitos pós-alimentares e diarréia, caracterizada por quatro evacuações líquidas diárias, fezes com muco e sem sangue. Pelas curvas de crescimento, observa-se que não ganha peso nos últimos quatro meses e que perdeu 1,5 kg nos últimos 30 dias. Apresentava-se descorada, com hipotrofia muscular generalizada, cabelos claros, edema palpebral bilateral, FR = 32 ipm, ausculta pulmonar e cardíaca normais, abdome globoso com fígado palpável a 3 cm do RCD e baço percutível, edema de membros inferiores (++)/(++++), frio, mole e depressível, desde o dorso dos pés até os joelhos.

A hipótese diagnóstica provável é:

A) síndrome nefrótica

B) diarréia aguda com necrose tubular renal

C) desnutrição tipo kwashiorkor

D) doença celíaca

E) síndrome hemolítico-urênica

 

Questão 60:

Ao recepcionar um recém-nascido em sala de parto, você foi comunicado que o líquido amniótico, no momento do parto, apresentava-se com mecônio. Considerando as recomendações da Academia Americana de Pediatria/ AHA, sua preocupação deve ser avaliar:

A) o recém-nascido e, se estiver vigoroso, aspirar a traquéia

B) a vitalidade do recém-nascido e a característica do mecônio, para decidir sobre a aspiração da traquéia

C) o Apgar deste recém-nascido, para decidir sobre a aspiração da traquéia

D) a vitalidade de recém-nascido, para decidir sobre o início da reanimação nesse momento

E) a freqüência respiratória, para iniciar a ventilação com pressão positiva

 

Questão 61:

Uma menina eutrófica, com oito anos, apresenta disfagia, e febre de início súbito. Ao exame, observa-se faringe hiperemiada, com exsudato e petéquias no palato e adenomegalia cervical anterior. O provável diagnóstico e a conduta a ser adotada são:

A) faringoamigdalite bacteriana aguda causada por Streptococcus beta-hemolítico do Grupo A; deve ser tratada com penicilina

B) faringoamigdalite viral aguda causada pelo vírus Epstein-Barr (mononucleose); deve ser tratada com sintomáticos

C) faringoamigdalite bacteriana aguda causada por Corynebacterium diphtheriae; deve ser internada para antibioticoterapia e soroterapia específicas

D) faringoamigdalite viral causada por vírus Coxsakie; deve ser tratada com sintomáticos

E) faringoamigdalite bacteriana aguda causada por Staphylococcus aureus; deve ser internada para antibioticoterapia

 

Questão 62:

São sinais de insuficiência respiratória aguda na infância, secundária às afecções das vias aéreas superiores, exceto:

A) estridor

B) sibilância

C) rouquidão

D) cornagem

E) retração de fúrcula

 

Questão 63:

São sinais precoces de choque hipovolêmico em pediatria, exceto:

A) taquicardia

B) hipotensão

C) palidez cutânea

D) aumento do tempo de enchimento capilar

E) diminuição do débito urinário

 

Questão 64:

Com relação às doenças infecciosas na infância, é correto:

A) a forma ganglionar da toxoplasmose adquirida é tratada com pirimetamina e sulfadiazina

B) manifestam-se por síndrome de mononucleose infecciosa: toxoplasmose adquirida, HIV, hepatite viral, doença de Chagas, linfoma e leptospirose

C) no final da fase catarral e início da fase paroxística da coqueluche, o hemograma mostra leucocitose, neutrofilia e desvio à esquerda

D) em nosso meio, a causa mais freqüente de diarréia aguda é o rotavírus

E) para eliminar a B. pertussis e diminuir o período de contágio da coqueluche, utiliza-se a

eritromicina

 

Questão 65:

Criança com 10 meses de idade chega à Unidade Básica de Saúde sem ter iniciado seu esquema de imunização. Apresenta-se desnutrida de 2° grau e com quadro viral agudo ("resfriado"). Para imunizar esta criança, deve-se:

A) vacinar com antipoliomielite e anti-sarampo agora e completar a imunização após regressão do quadro viral

B) vacinar com DPT, antipoliomielite e anti-sarampo/rubéola/caxumba. A BCO deverá ser feita após recuperação nutricional

C) adiar a imunização até à recuperação nutricional e regressão do quadro viral

D) vacinar com BCG, DPT, antipoliomielite, anti-sarampo, anti-hepatite B e anti-Haemophilus influenzae

E) vacinar com BCG, DPT, antipoliomielite e anti-sarampo/rubéola/caxumba

 

Questão 66:

Trinta minutos após ter iniciado a administração venosa de uma mistura em partes iguais ("meio a meio") de soro glicosado (SG) a 5% e soro fisiológico (SF) na velocidade de 50 mL/kg/hora para o tratamento inicial de uma criança com desidratação grave, você recebe os resultados da closagem de eletrólitos (colhida na admissão): sódio = 154 mEq/L e potássio = 2,9 mEq/L. Na seqüência do tratamento desta desidratação, você deve:

A) manter a infusão "meio a meio" e diminuir a velocidade de infusão para 2,5 mL/kg/hora

B) manter a infusão "meio a meio" e manter a velocidade de infusão em 50 mL/kg/hora

C) substituir a infusão "meio a meio" por uma mistura com duas partes de SG 5% e uma parte de SF ("solução a um terço") e manter a velocidade de infusão em 50 mL/kg/hora

D) substituir a infusão "meio a meio" por uma "solução a um terço" e diminuir a velocidade de infusão para 25 mL/kg/hora

E) adicionar à infusão "meio a meio" cloreto de potássio em quantidade suficiente para obter uma concentração final de potássio de 10 mEq/L e diminuir a velocidade de infusão para 25 mL/kg/hora

 

Questão 67:

Com relação às peculiaridades digestivas da criança, é correto:

A) no recém-nascido a termo, a digestão das proteínas é eficiente

B) no recém-nascido a termo, a concentração de lactase na bordadura em escova é baixa

C) até aos quatro meses de vida, a hidrólise do amido é decorrente, basicamente, da ação da amilase pancreática

D) a digestão das gorduras é limitada até ao 9° mês de vida pela deficiência fisiológica da lípase pancreática, neste período

E) fórmulas isentas de lactase são mais bem toleradas no recém-nascido a termo

 

Questão 68:

Um lactente com dois meses, eutrófico, nascido de parto normal com Apgar 9 e 10, é levado ao Pronto-socorro, onde a mãe refere que ele apresentava tosse, sem febre, obstrução nasal e diminuição no ganho de peso há 15 dias, com início insidioso e progressivo, Teve alguns episódios de vômitos nos últimos dois dias. Ao exame: FR = 56 ipm, FC = 120 bpm, Temperatura = 36,8° C; ausculta pulmonar: estertores crepitantes difusos e mínimos sibilos inspiratórios. Radiografia do tórax: infiltrado tipo intersticial difuso, e hiperdistensão dos pulmões. Hemograma: 12.000 leucócitos/mm3 ( 5% de bastonetes, 30% de segmentados, 42% de linfócitos com 5% de atipia, 5% de eosinófilos e 8% de monócitos). O provável agente é:

A) vírus sincicial respiratório

B) adenovírus

C) Chlamydia trachomatis

D) Streptococcus beta-hemolítico

E) Streptococcus pneumoniae

 

Questão 69:

Com relação à síndrome do coma, é correto:

A) a escala de coma de Glasgow varia de 1 a 20 e a intubação está indicada quando o escore é menor ou igual a 10

B) em todos os casos de coma, o exame principal é a tomografia computadorizada de crânio

C) a síndrome de Reye é causa rara de coma e só ocorre após ingestão de ácido acetilsalicílico em doses superiores a 100 mg/kg, por no mínimo 48 horas

D) a ausência de reflexo córneo-palpebral em coma após traumatismo cranioencefálico deve ser valorizada como sinal neurológico de gravidade

E) a meningoencefalite herpética pode ser cause de come e cursa com liquor normal em 90% dos casos

 

Questão 70:

Uma criança negra, com 9 anos, apresenta claudicação coxofemoral direita, com dor de intensidade mínima ao repouso, que aumenta com a movimentação. Sem antecedentes importantes, referindo apenas episódio de dor de garganta, com febre não muito alta, há cerca de duas semanas, com espontânea. Sem anormalidades ao exame físico, exceto dor e diminuição da amplitude articular à movimentação da coxa direita. O hemograma revelou: hemácias = 5.500.000/mm3; hemoglobina = 11,4 g/dL; plaquetas = 250.000/mm3; leucócitos = 11.000/mm3 (4% de bastonetes, 56% de segmentados, 3% de eosinófilos, 35% de linfócitos, 2% de monócitos); Velocidade de Hemossedimentação = 19 m/1ª hora; a 1 glicoproteína ácida = 128 mg/dL (normal: 47 a 125 mg/dL); ASLO = 480 UI (normal até 250 UI). O provável diagnóstico e a conduta são:

A) artrite séptica; solicitar eletrocardiograma e medicar com corticosteróide

B) crise de falcização, solicitar radiografia de bacia e imobilizar o membro inferior direito

C) febre reumática, solicitar eletroforese de hemoglobina e hiperidratar a paciente

D) sinovite transiente; reavaliar clinicamente em dois dias e medicar com analgésico sem atividade antiinflamatória

E) necrose asséptica da cabeça do fêmur, instituir antibioticoterapia endovenosa após a punção articular para definir o agente etiológico

 

Questão 71:

Com relação ao estridor, é correto:

A) é um sintoma e não um diagnóstico

B) nas doenças congênitas aparece a partir do oitavo mês de vida

C) quanto é expiratório deve-se mais provavelmente a lesão extratorácica

D) o estridor bifásico indica doenças de orofaringe e hipofaringe

E) a instalação insidiosa é característica de lesão viral ou bacteriana

 

Questão 72:

Recém-nascido com três dias, nascido de parto normal a termo, apresenta hiperemia conjuntival em ambos os olhos, acompanhada de secreção purulenta intensa e adenopatia pré-auricular. A provável hipótese diagnóstica é conjuntivite:

A) alérgica

B) bacteriana, por Neisseria gonorrhoeae

C) química, por nitrato de prata

D) de inclusão, por Chlamydia trachomatis

E) viral, por adenovírus

 

Questão 73:

Um menino com 4 anos apresenta quadro de respiração bucal e sialorréia noturna há dois anos, com episódios freqüente de otites médias de repetição. O diagnóstico provável é:

A) atresia de coana

B) hipertrofia das tonsilas faríngeas

C) hipertrofias das conchas nasais

D) rinite alérgica

E) rinite vasomotora

 

Questão 74:

Com relação à hanseníase, é correto:

A) o tratamento poliquimioterápico está indicado somente nas formas multibacilares

B) pacientes com a forma indeterminada devem receber tratamento monoterápico

C) as formas virchowiana, dimorfa e tuberculóide são multibacilares e devem receber 24 doses de tratamento

D) para o diagnóstico da hanseníase não é obrigatória a reação de Mitsuda

E) a reação de Mitsuda é sempre negativa na forma indeterminada

 

Questão 75:

Para um menino com quatro meses, vacinado com BCG, saudável, filho de mãe recém diagnosticada como portadora de tuberculose pulmonar cavitária, além do radiograma de tórax, deve indicar-se:

A) acompanhamento cuidadoso, porque já estaria protegida com a vacinação com BCG

B) tratamento imediato com isoniazida, rifampicina e pirazinamida

C) intradermorreação de Mantoux e acompanhamento cuidadoso

D) intradermorreação de Mantoux e tratamento com isoniazida, se apresentar linfoadenopatia

E) intradermorreação de Mantoux e broncoscopia com lavado broncoalveolar. Decidir pelo tratamento somente após os resultados C

 

Questão 76:

O nitrito de amilo e o hipossulfito de sódio são utilizados na intoxicação aguda por:

A) anilinas aromáticas

B) dióxido de enxofre

C) gás cianídrico

D) monóxido de carbono

E) óxido nitroso

 

Questão 77:

Em um paciente em tratamento de tuberculose pulmonar com esquema tríplice:

A) deve considerar-se resistência ao tratamento se o exame do escarro permanecer positivo após a terceira semana de tratamento

B) o paciente torna-se não infectante após 48 horas de tratamento, ainda que o escarro possa permanecer positivo

C) o paciente é infectante até ao final do sexto mês de tratamento, independente do escarro estar positivo ou negativo

D) o paciente deixa de ser infectante com a negativação do exame de escarro, o que ocorre na maioria das vezes em torno da quarta semana de tratamento

E) o paciente só é considerado não infectante quando a cultura de escarro for negativa

 

Questão 78:

Deve ser considerado sinal indicativo de adequada atropinização no paciente em tratamento de intoxicação por organofosforado:

A) diminuição da secreção brônquica

B) midríase

C) taquicardia

D) rubor facial

E) desaparecimento das fasciculações musculares

 

Questão 79:

Baixas concentrações de pseudocolinesterase, enzima que hidrolisa a succinilcolina, ocorre em pacientes com :

A) obesidade

B) psoríase

C) alcoolismo agudo

D) intoxicação por compostos organofosforados

E) hipotireoidismo

 

Questão 80:

Assinale a alternativa que faz a associação correta entre as doenças relacionadas às LER/DORT (Lesões por Esforços Repetitivos/Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho) e o trabalho:

I – síndrome do canal de Guyon

II – síndrome do túnel do carpo

III – tendinite do supra-espinhoso

IV – tenossinovite de De Quervain

A – apertar botão com polegar, torcer roupa

B – digitar

C – carimbar

D – montar peças em linha de produção posicionadas na altura dos olhos

A) I – A; II – B; III – C; IV – D

B) I – B; II – A; III – D; IV – C

C) I – C; II – B; III – D; IV – A

D) I – D; II – C; III – A; IV – B

E) I – C; II – A; III – B; IV – D

 

Questão 81:

Associe, para cada problema de Saúde Pública, a estratégia de prevenção principal e mais adequada para abordá-la (segundo o modelo da História Natural e Prevenção de Doenças):

I – câncer de mama

II – pandemia de AIDS

III – sarampo

IV – doença mental institucionalizada

A – prevenção primária – promoção da Saúde

B – prevenção primária – proteção específica

C – prevenção secundária – diagnóstico e tratamento precoces

D – prevenção terciária – reabilitação

A) I – C; II – A; III – B; IV – D

B) I – A; II – B; III – C; IV – D

C) I – B; II – C; III – D; IV – C

D) I – C; II – B; III – C; IV – D

E) I – B; II – C; III – A; IV – D

 

Questão 82:

Co relação à sífilis, é correto:

A) o exame VDRL (Veneral Disease Research Laboratory) realizado em amostra do cordão umbilical do recém-nascido é mais específico e sensível que o de sangue periférico, para diagnóstico C

B) diante da suspeita em um recém-nascido, através de um teste reagínico e antecedente de mãe inadequadamente tratada, aguarda-se o sexto mês para confirmação sorológica antes do tratamento

C) pacientes com sífilis secundária apresentam com freqüência teste treponêmicos negativos, dificultando o seu diagnóstico

D) os testes treponêmicos em geral podem permanecer reagentes por toda a vida, mesmo após a cura da infecção

E) a maioria dos casos apresenta-se sintomática ao nascimento, facilitando o tratamento precoce

 

Questão 83:

Com relação às doenças ocupacionais respiratórias parenquimatosas, é correto:

A) pode ocorrer dano alveolar difuso após exposição aguda, em altas doses, a substâncias muito lipossolúveis

B) nos casos de lipoproteinose alveolar deve-se buscar sempre o antecedente de exposição a latas doses de sílica livre

C) o dano parenquimatoso frente às exposições ocupacionais restringe-se à fibrose pulmonar do tipo da silicose e da asbestose

D) o asbesto e a sílica promovem fibrose pulmonar indistinguíveis do ponto de vista anatomopatológico

E) as pneumoconioses benignas têm regressão completa após o afastamento da exposição, pois não existe fibrose como substrato anatomopatológica

 

Questão 84:

Assinale a alternativa incorreta:

A) a qualidade da assistência à saúde de uma população não é exclusivamente determinada pelos recursos financeiros utilizados para tal, embora este determinante seja o principal

B) em saúde pública, a qualidade dos serviços prestados deve ser avaliada concomitantemente e de forma ordinária, através do ponto de vista do público usuário, dos profissionais de saúde envolvidos e dos representantes das fontes financiadoras

C) na saúde pública contemporânea, observa-se uma tendência mundial importante: o abandono das ações verticais, monodisciplinares e seletivas em favor de ações que se sustentem numa análise estratégia de situação, interdisciplinaridade e ampliação de acolhimento das demandas

D) a concentração das populações em zonas urbanas pode produzir benefícios de saúde pela variedade de serviços exeqüíveis e pela possibilidades universais de acesso, porém, se não houver planejamento, infra-estrutura e prestação de serviços adequados, os malefícios; podem ser maiores

E) a pobreza urbana, tanto nas cidades de países subdesenvolvidos como nas periferias das grandes cidades de países desenvolvidos, tem produzido um perfil de morbimortalidade bastante parecido, que inclui doenças cardiovasculares, neoplasia diversas, fármaco-dependências, tuberculose, infecção pelo HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis

 

Questão 85:

A substância A é parcialmente metabolizada pelo fígado. Pode aumentar-se o seu tempo de ação:

A) associando-se à substância A a administração crônica de fenobarbital

B) associando-se à substância A a administração crônica de cimetidina

C) deslocando-se competitivamente a substância A de seus locais de ligação em proteínas plasmáticas

D) aumentando o débito cardíaco

E) associando-se à substância A a administração crônica de rifampicina

 

As questões de números 86 e 87 referem-se ao enunciado a seguir.

Com o objetivo de avaliar alguns fatores de risco na ocorrência de doença isquêmica do coração (DIC), um estudo epidemiológico selecionou 280 pacientes com DIC e 553 pessoas sem história ou diagnóstico de DIC. Os resultados foram:

Hipercoles- Pacientes Indivíduos

Terolemia com DIC sem DIC

Presente 115 83

Ausente 165 470

Total 280 553

 

Questão 86:

O estudo desenvolvido foi do tipo:

A) epidemiológico descritivo

B) experimental

C) ecológico

D) caso-controle

E) coorte

 

Questão 87:

A medida adequada para estimar a magnitude do efeito da hipercolesterolemia na ocorrência da DIC e seu respectivo valor, no presente estudo, são:

A) risco relativo: 1,95

B) risco atribuível entre expostos: 74,3%

C) odds ratio: 3,9

D) risco atribuível populacional: 52,2%

E) risco relativo: 2,74

 

Questão 88:

Sobre os coeficientes de incidência e de prevalência, é incorreto:

A) ambos são tipos de coeficientes de morbidade e/ou mortalidade

B) o numerador do coeficiente de prevalência inclui todas as pessoas doentes de uma causa específica, durante um intervalo específico ou num ponto determinado no tempo

C) um coeficiente de prevalência não inclui doenças que começaram anteriormente ao intervalo específico ou ponto estudado

D) um coeficiente de incidência é uma medida de freqüência de ocorrência de casos novos de uma doença em uma população definida somente durante o intervalo específico

E) o coeficiente de prevalência pode aumentar, independente do coeficiente de incidência

 

Questão 89:

Um dos maiores avanços do Sistema Único de Saúde (SUS) foi submeter os serviços, as ações e as políticas de saúde ao controle social. Este controle deve ocorrer:

A) através do Conselho Nacional de Saúde, órgão máximo de acessória do Ministério da Saúde

B) através dos Conselhos de Saúde, nos três níveis de governo, e com representação paritária de usuários, governos, profissionais de saúde e prestadores de serviços

C) através do Conselho Municipal de Saúde, cabendo aos municípios a maior responsabilidade nas promoções das ações de saúde voltadas aos cidadãos

D) através dos representantes do governo nos Conselhos Nacional, Estadual e Municipal de Saúde

E) através das lideranças políticas individuais e representantes institucionais da área de saúde

 

Questão 90:

Na década de 90, após a introdução da poliquimioterapia, os indicadores epidemiológicos, brasileiros relativos à hanseníase, expressos pelos coeficientes de prevalência e detecção de casos novos, apresentaram o seguinte comportamento:

A) apresar do aumento da detecção de casos novos, ocorreu uma redução da prevalência à custa do aumento das altas por cura

B) verificou-se uma redução da prevalência à custa da redução da detecção de casos novos

C) ocorreu um aumento da prevalência à custa do aumento da detecção de casos novos

D) não houve mudança no comportamento dos indicadores epidemiológicos da doença

E) verificou-se uma redução da prevalência à custa do aumento das altas por abandono do tratamento poliquimioterápico

 

Questão 91:

No Brasil, as causas mais freqüentes de deformidades da mão do tipo "mão em garra" são:

A) lesões traumáticas por movimentos repetitivos, neurite por tuberculose, polineurite em alcoolismo crônico

B) lesões traumáticas por ferimentos, neurite por Mycobacterium leprae, em seqüelas de fraturas do cotovelo

C) lesões desportivas (esportes de lançamento), alcoolismo crônico, diabete melito

D) lesões abertas do nervo ulnar, em artrite reumatóide de cotovelo, em intoxicação por metais pesados

E) lesões fechadas do punho (síndrome do túnel do carpo), lesões do plexo branquial, intoxicação crônica por agrotóxicos

 

Questão 92:

Com relação à cloroacne, é correto:

A) acontece mais em pessoas na faixa entre 13 e 26 anos

B) não pode ser diferenciada da acne vulgar

C) é de difícil tratamento

D) a biópsia de pele pode ser útil para definir o diagnóstico

E) pode aparecer por exposição e metanol

 

Questão 93:

As substâncias A e B têm o mesmo mecanismo de ação. A substância A na dose de 5 mg produz a mesma magnitude de efeito que a substância B na dose de 500 mg. Assinale a alternativa correta:

A) a substância B é menos eficaz do que a substância A

B) a substância A é cerca de 100 vezes mais potente do que a substância B

C) a toxidade da substância A é menor do que a da substância B

D) a substância A deve ser escolhida quando se deseja eficácia máxima

E) a substância terá menor tempo de ação que a substância B, porque o organismo tem, comparativamente, menor quantidade para eliminar

 

Questão 94:

São inseticidas inibidores enzimáticos:

A) piretróides e ditiocarbamatos

B) piretróides e organofosforados

C) organofosforados e organoclorados

D) carbamatos e ditiocarbamatos

E) carbamatos e organofosforados

 

Questão 95:

A compressão ou a percussão da face ventral do punho (manobra de Tinel) desencadeia dor e parestesia na palma da mão e nos 2°, 3° e 4° dedos nos casos de:

A) epicondilite medial

B) síndrome do túnel do carpo

C) tenossinovite dos interósseos da mão

D) tenossinovite dos extensores dos dedos

E) tenossinovite dos flexores dos dedos

 

Questão 96:

Com relação à mortalidade infantil no Brasil, a tendência na década de 90 (dados de 1996) aponta:

A) na região Sudeste, o componente neonatal da mortalidade infantil é menor do que o pós-neonatal

B) o componente pós-neonatal (ou infantil tardia) manteve-se nas últimas décadas nas regiões pobres do país

C) a assistência ao parto e pré-natal tem impacto principalmente na mortalidade pós-neonetal

D) o coeficiente de mortalidade infantil para o Brasil excede 60 por 1.000 nascidos vivos (dados da década de 90, 1996)

E) os natimortos são excluídos para o cálculo da mortalidade infantil neonatal precoce

 

Questão 97:

Uma paciente com 35 anos apresenta aumento do volume em região pré-auricular esquerda, com quatro anos de evolução. Ao exame clínico apresenta massa local com 4,0 cm, indolor, com consistência endurecida e móvel, sem evidência de paralisia de ramos nervosos ou de linfonodos cervicais suspeitos. O ultra-som demonstra nódulo sólido.

O diagnóstico provável é:

A) metástase de carcinoma basocelular

B) cisto do ducto tireoglosso

C) carcinoma mucoepidermóide

D) tumor misto benigno (adenoma pleomórfico)

E) cisto branquial

 

Questão 98:

Paciente com 30 anos apresenta queimadura de 3° grau por álcool, em região ântero-superior do tronco e circular em braço direito, com aumento progressivo do edema e ausência de pulso radial palpável.

A) é primordial a administração de colóides e estimular a diurese, para diminuir o edema local

B) deve avaliar-se com Doppler o pulso na extremidade, para descartar embolismo

C) está indicada incisão longitudinal da área circular necrótica do braço

D) estabelecida ausência de pulso na extremidade deve optar-se por monitorização contínua da pressão arterial média

E) deve administrar-se colóides e estimular a diurese e, uma vez estabelecida a ausência de pulso na extremidade, manter monitorização contínua da pressão arterial média

 

Questão 99:

São agentes facilitadores do aparecimento de neoplasia vesical:

A) ácido acetilsalicílico

B) estrógenos

C) obstrução infravesical

D) cefalosporinas

E) nitrosaminas

 

Questão 100:

A secção completa do nervo mediano no antebraço distal habitualmente ocasiona:

A) perda da sensibilidade táctil e dolorosa para os dedos médio, anular e mínimo e da motricidade tenar

B) perda da sensibilidade táctil e dolorosa volar para os dedos indicador, médio e polegar e na base da palma. A oponência do polegar é afetada

C) há perda total da sensibilidade táctil e dolorosa na face palmar da mão e nos dígitos longos, com perda desprezível da motricidade do polegar

D) há desnervação sensitivo-motora de toda a musculatura intrínseca e extrínseca nos dedos da mão e na face palmar

E) há perda da sensibilidade táctil e dolorosa nos dedos anular e mínimo e da motricidade dos dedos longos

 

Questão 101:

Paciente com 30 anos apresenta úlcera de estase venosa associada a hiperpigmentação e dermatofibrose. Ao exame com duplex observou-se insuficiência das veias safenas interna, externa e perfurantes, com sistema venoso profundo normal. Deve indicar-se:

A) repouso prolongado

B) cirurgia imediata sem remoção das veias safenas

C) tratamento clínico com repouso ou bota de Unna e cirurgia radical de varizes após cicatrização da úlcera

D) apenas meias elásticas de alta compressão abaixo dos joelhos

E) enxerto de pele na úlcera e remoção das colaterais varicosadas

 

Questão 102:

Apesar dos diversos esforços, a febre reumática continua tendo incidência muito elevada nas regiões de mais baixos índices de desenvolvimento, como o Nordeste. A lesão valvar mais freqüentemente encontrada na face crônica da febre reumática é:

A) estenose aórtica

B) estenose mitral

C) insuficiência tricúspide

D) insuficiência mitral

E) insuficiência aórtica

 

Questão 103:

A complicação mecânica mais freqüente nos pacientes com infarto do miocárdio é:

A) comunicação interventricular

B) comunicação interatril

C) insuficiência mitral aguda

D) aneurisma do ventrículo esquerdo

E) ruptura cardíaca

 

Questão 104:

Um ônibus escolar, que transportava crianças de 7 a 12 anos, sofreu uma colisão frontal com um caminhão em alta velocidade. Várias crianças morreram e outras 12 apresentam-se em estado grave. A prioridade de atendimento deve ser dada às crianças com:

A) tórax flácido

B) choque grave

C) comprometimento de vias aéreas

D) traumas cranianos graves

E) grande hemorragias de feridas abertas

 

Questão 105:

A resposta ao estresse perioperatório está fortemente ligado à dor sentida no pós-operatório. Os efeitos da resposta ao estresse induzem as alterações abaixo, exceto:

A) concentrações elevadas de catecolaminas

B) perda protéica

C) imunossupressão

D) distúrbios hidroeletrolíticos

E) concentrações elevadas de arginina-vasopressina

 

Questão 106:

Levando em consideração o consumo de oxigênio pelos elementos figurados do sangue (hemácias, leucócitos e plaquetas), no caso de uma mostra sangüínea arterial que permanece numa seringa à temperatura ambiente (30° C) por mais de duas horas, antes da realização do exame, esperamos encontrar as seguintes alterações gasométricas:

A) aumento da pO2, diminuição da pCO2 e aumento do pH

B) diminuição da pO2, aumento da pCO2 e diminuição do pH

C) aumento da pO2, aumento da pCO2 e inalteração do pH

D) diminuição da pO2, diminuição da pCO2 e aumento do pH

E) diminuição da pO2, inalteração da pCO2 e diminuição do pH

 

Questão 107:

A ilha B de Kerley corresponde a:

A) derrame intercisural

B) microatelectasias

C) espessamento do septo interlobular

D) edema pulmonar

E) opacidades alveolares

 

Questão 108:

Com relação ao estadiamento do carcinoma broncogênico, é incorreto:

A) a mediastinoscopia é o melhor método para avaliação dos linfonodos mediastinais

B) a invasão da parede torácica é uma contra-indicação cirúrgica

C) a tomografia computadorizada de crânio deve ser utilizada no pré-operatório da casos selecionados

D) derrame pleural com citologia oncótica negativa não contra-indica cirurgia

E) a toracoscopia pode ser utilizada na suspeita de invasão da aorta e veia cava

 

Questão 109:

Uma criança com oito meses apresenta, desde o nascimento, vômitos pós-alimentares que pioram com o decúbito. Apresenta, ainda "chiado no peito" freqüente e choro intenso noturno. Ao exame físico a criança encontra-se nutrida, sem alterações, à exceção de raros roncos e sibilos pulmonares. O exame radiológico contrastado de esôfago-estômago-duodeno (EED) revelou refluxo gastroesofágico moderado. Deve-se indicar:

A) cirurgia o mais rapidamente possível, para evitar estenose esofágica ou complicações pulmonares

B) tratamento clínico inicial e, caso haja permanência dos sintomas após três a seis meses, prosseguir investigação e, se necessário, indicar cirurgia

C) realizar endoscopia digestiva alta e, se a mesma demonstrar esofagite moderada ou grave, indicar cirurgia

D) investigar o quadro de "bebê chiador" do ponto de vista imunológico, já que nesta idade o refluxo é fisiológico e não tem nenhuma relação com quadro pulmonar

E) tratar o refluxo clinicamente (dieta, postura e antiácidos), já que não há alterações anatômicas ao EED, e ele terá resolução espontânea, sem seqüelas e sem qualquer conseqüência a médio e longo prazo

 

Questão 110:

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta:

I – adenocarcinoma de vias biliares

II – adenocarcinoma gástrico

III – adenocarcinoma de reto

IV – carcinoma hepatocecular

A – tem indicação de radioterapia pré-operatória

B – apresenta pior prognóstico

C – está associado com ingestão de nitrosamina

D – pode ser tratado com alcoolização

A) I – B; II – C; III – D; IV – A

B) I – B; II – C; III – A; IV – D

C) I – A; II – C; III – B; IV – B

D) I – C; II – D; III – A; IV – B

E) I – D; II – C; III – A; IV – B

 

Questão 111:

Uma paciente apresenta aumento cervical por nódulo de 3,5 cm, endurecido e único, em região tireoideana, sem outros sintomas. A ultra-sonografia confirmou os achados do exame físico. A seqüência diagnóstica a ser seguida é:

A) tomografia computadorizada e cirurgia

B) biópsia a céu aberto do nódulo e radioterapia

C) punção aspirativa com agulha fina e, se a citologia for suspeita da malignidade, indicar cirurgia

D) cintilografia e punção aspirativa com agulha fina se o nódulo for "frio"

E) cintilografia e punção aspirativa com agulha fina se o nódulo for "morno"

 

Questão 112:

Paciente, com 20 anos, politraumatizado, com fraturas de membros inferiores, começa a mostrar-se taquipnéico e cianótico. Uma gasometria arterial colhida em ar ambiente (FiO2 = 0,21) mostra: pH = 7,50; PO2 = 45 mmHg e PCO2 = 25 mmHg. O paciente é colocado em assistência vemilatória com FiO2 = 1,0 (O2 a 100%), e uma nova amostra gasométrica é colhida 20 minutos após, mostrando: pH = 7,48; PO2 = 60 mmHg e PCO2 = 30 mmHg. A hipoxemia deve à:

A) baixa pressão parcial de O2 inspirado

B) obstrução de vias aéreas por secreções ou corpos estranhos

C) hipoventilação de cauda neurológica

D) baixa relação ventilação/perfusão com aumento do shunt pulmonar

E) baixo débito cardíaco secundário a hipovolemia

 

Questão 113:

O processo inflamatório da região que mais freqüentemente se acompanha de fístulas anorretais é:

A) amebíase

B) tuberculose

C) doença de Crohn

D) diverticulite

E) enterite pós-irradiação

 

Questão 114:

Com relação aos anestésicos locais, é correto:

A) o mecanismo de ação é a inibição dos canais de cálcio da membrana da célula neural

B) a adição de vasoconstritores aumenta a absorção sistêmica e prolonga a duração de sua ação

C) a ropivacaína é um anestésico local do tipo éster com alto grau de bloqueio diferencial (bloqueio sensitivo> bloqueio motor)

D) os compostos do tipo amida são metabolizados pela colinesterase plasmática

E) a cocaína bloqueia a recaptação normal de neurotransmissores, havendo acúmulo de dopamina e norepinefrina nas sinapses neuronais

 

Questão 115:

Para acompanhar a evolução de um empiema, deve realizar-se:

A) radiografia simples do tórax

B) ultra-sonografia de tórax

C) tomografia computadorizada de tórax

D) ressonância magnética de tórax

E) toracocentese

 

Questão 116:

Assinale a alternativa que apresenta a associação correta:

I – doença hemorroidária

II – abscesso anorretal

III – fissura anal

IV – prolapso retal

A – principal sintoma é dor

B – pode acompanhar-se por incontinência fecal

C – origina-se nas criptas anais

D – freqüentemente é assintomático

A I – D; II – C; III – A; IV – B

B I – A; II – C; III – D; IV – B

C I – A; II – B; III – C; IV – D

D I – B; II – D; III – A; IV – C

E I – C; II – B; III – B; IV – A

 

Questão 117:

São achados característicos do insulinoma:

A) glicemia baixa, insulina elevada, peptídeo C elevado, pró-insulina elevada, anticorpos antiinsulina ausentes, sulfoniluréia sérica ausente

B) glicemia baixa, insulina baixa, peptídeo C elevado, pró-insulina elevada, anticorpos antiinsulina ausentes, sulfoniluréia sérica presente

C) glicemia baixa, insulina elevada, peptídeo C elevado, pró-insulina elevada, anticorpos antiinsulina ausentes sulfoniluréia sérica presente

D) glicemia baixa, insulina elevada, peptídeo C diminuído, pró-insulina diminuída, anticorpos antiinsulina ausentes, sulfoniluréia ausente

E) glicemia baixa, insulina normal, peptídeo C elevado, pró-insulina elevada, anticorpos antiinsulina presentes, sulfoniluréia sérica ausente

 

Questão 118:

O tratamento de manutenção de pacientes portadores de doenças de Crohn, de intestino delgado e perianal, após indução de remissão deve ser indicado:

A) nunca, exceto se houver indícios de atividade residual da doença

B) sempre, sendo a prednisona o fármaco de escolha

C) sempre, podendo ser utilizadas a mesalazina e a 6-mercaptopurina

D) nunca, porque é muito baixa a possibilidade de recidiva da doença em seis meses, nos pacientes em tratamento

E) sempre, sendo a sulfassalazina o fármaco de escolha

 

Questão 119:

A gravidez estaria contra-indicada em mulheres com as doenças a seguir, exceto:

A) hipertensão pulmonar primária

B) antecedente de miocardiopatia periparto

C) válvula cardíaca biológica

D) síndrome de Marfan com comprometimento aórtico

E) síndrome de Eisenmenger

 

Questão 120:

Assinale a alternativa correta:

A) a infecção congênita pelo citomegalovírus é possível apenas na fase aguda da doença materna

B) a gravidade e a incidência dos defeitos congênitos na toxoplasmose são diretamente proporcionais à idade gestacional no momento da doença materna

C) não é necessário ter outros marcadores sorológicos maternos, além do HBsAg, para definir os recém-nascidos que devem receber vacina e imunoglobulina hiperimune para hepatite B, nas primeiras horas de vida

D) o uso de AZT na gestação é recomendado para todas as gestantes HIV (+), mas outros anti-retrovirais devem ser suspensos, porque se mostraram perigosos, não sendo mais efetivos do que o AZT isolado

E) o risco de infecção congênita na sífilis é 70%, com variação desprezível de acordo com o tempo de doença materna

 

Questão 121:

A morte perinatal é definida como a morte de fetos:

A) de 28 a 42 semanas

B) a termo e até 7 dias de vida

C) com, pelo menos, 500g e até o termo

D) com, pelo menos, 1.000g e até ao 1º mês de vida

E) com, pelo menos, 500g a até 7 dias de vida

 

Questão 122:

São complicações da placenta prévia, exceto:

A) apoplexia uterina

B) acretismo placentário

C) amniorrexe prematura

D) anomalias de apresentação fetal

E) choque hemorrágico

 

Questão 123:

Uma paciente está na quarta gestação, com três abortos anteriores. Foi diagnosticado óbito fetal com 34 semanas de idade gestacional. Três dias após o parto normal, apresenta quadro de trombose venosa profunda, complicado com embolia pulmonar. A provável etiologia é:

A) hipercoagulabilidade, devido ao óbito fetal

B) síndrome antifosfolípide

C) deficiência de proteína S

D) aumento da produção de antitrombina III

E) trombofilia puerperal

 

Questão 124:

Primigesta com idade gestacional de 39 semanas, altura uterina 36 cm, internou em trabalho de parto. Com 6 cm de dilatação foi submetida a analgesia de parto, com instalação de peridural contínua. Ao exame obstétrico, após uma hora de período expulsivo, constatou-se um ângulo subpúbico normal e bolsa rota. A apresentação era cefálica, com presença de bossa serossangüínea de (++)/(++++), cerca de 3 cm abaixo da espinha ciática, parietal anterior pouco acessível ao toque, sutura sagital próxima ao púbis e fontanela occipital situada à direita. O diagnóstico e a conduta são:

A) desproporção cefalopélvica em estreito superior, com assinclitismo anterior, indicar cesárea

B) distocia de rotação em occípito direita transversa (ODT), com assinclitismo anterior; indicar cesárea

C) distocia de estreito inferior com assinclitismo posterior, variedade de ODT; indicar uso de fórcipe de Kielland

D) distocia de insinuação, defletida de 1º grau; indicar uso de fórcipe de Kielland

E) distocia de rotação em variedade ODT, com assinclitismo posterior; indicar uso de fórcipe de Kielland

 

Questão 125:

Com relação às gestações gemelares com síndrome de transfusão fisto-fetal (ou transfusor-transfundido), é correto:

A) as alterações são devidas à presença de fístulas artério-arteriais placentárias

B) o transfusor é geralmente policitêmico

C) o transfundido pode desenvolver insuficiência cardíaca congestiva

D) o transfusor apresenta maior ganho de peso do que o transfundido

E) o transfundido tem menor débito urinário do que o transfusor

 

Questão 126:

Com relação às anemias durante a gestação, é incorreto:

A) as anemias ferroprivas tendem a piorar a gestação, devido ao aumento do volume plasmático

B) o volume plasmático aumenta na gestação e o volume eritrocitário não sofre alteração, resultando em anemia

C) pode haver dificuldade no diagnóstico de anemias ferroprivas, já que o volume corpuscular médio (CVM) aumenta nos dois primeiros trimestres

D) o melhor exame para avaliação da anemia ferropriva é a ferritina sérica

E) uma anemia severa pode acarretar trabalho de parto prematuro e retardo de crescimento intra-útero

 

Questão 127:

Gestante com duas cesáreas anteriores, altura uterina 30 cm, é admitida no Pronto-socorro com sangramento e atividade uterina presente (2 contrações de 20 segundos em 10 minutos). Batimentos cardíacos fetais = 144/minuto. À palpação, identifica-se um feto em situação transversa, sem outras anormalidades. Frente ao quadro descrito, é correto:

A) a primeira hipótese é deslocamento prematuro de placenta, numa fase inicial, porque há contrações e sangramento

B) é possível estar ocorrendo ruptura de "seio marginal". A dopplervelocimetria colorida pode esclarecer o diagnóstico, permitindo a utilização de uterolíticos e glicocorticóides

C) deve tratar-se de placenta prévia, em função do antecedente obstétrico a palpatação uterina

D) a presença de início de trabalho de parto e sangramento com feto vivo são compatíveis com vasa previa

E) deve tratar-se de trabalho de parto prematuro e, frente à dinâmica uterina e apresentação fetal, deve ser feito toque vaginal para diagnosticar dilatação avançada

 

Questão 128:

Com relação à colocação de DIU, com método anticoncepcional, em paciente com 32 anos, com antecedentes de doença sexualmente transmissíveis e doença inflamatória pélvica aguda há três meses, é correto:

A) deve ser colocado concomitante ao uso de vibramicina profilática

B) deve ser colocado somente após uma semana do início de antibioticoterapia

C) não deve ser colocado, devendo oferecer-se outros métodos anticoncepcionais

D) deve ser colocado, com a recomendação de usar condom por uma semana, para proteger de infecção

E) deve ser colocado somente após três meses, devendo fazer uso de condom neste período

 

Questão 129:

Uma paciente com 29 anos, casada, está tentando engravidar há quatro anos, e apresenta dor pélvica crônica. O diagnóstico a ser pensado inicialmente, e a propedêutica complementar a ser indicada, são, respectivamente:

A) obstrução tubária; histerossalpingografia

B) endometriose; laparoscopia

C) anovulação; biópsia de endométrio

D) hematometra; histeroscopia

E) salpingite; ultra-sonografia endovaginal

 

As questões número 130 1 31, referem-se ao enunciado a seguir:

Uma paciente com 32 anos, casada, nuligesta, apresenta sangramento genital aumentado de volume nos últimos seis ciclos. Ao exame, apresenta-se um pouco descorada e com aumento de volume abdominal em pélvis. Ao toque ginecológico, apresenta útero aumentado de volume, compatível com gestação de 14-15 semanas, contornos bocelados, endurecido e com anexos aparentemente livres.

 

Questão 130:

Caso esta paciente desejasse engravidar, além de ultra-sonografia, os exames para avaliá-la seriam:

A) histerossalpingografia e perfil hormonal

B) histerosalpingografia e biópsia do endométrio

C) perfil hormonal e histeroscopia

D) histerossalpingografia e histeroscopia

E) biópsia de endométrio, e perfil hormonal

 

Questão 131:

Pensando num tratamento conservador, além da reposição de ferro deve indicar-se:

A) anticoncepcional oral contínuo, durante seis meses

B) análoga de LHRH

C) acetato de medroxiprogesterona oral contínuo, durante seis meses

D) acetato de medroxiprogesterona de depósito

E) acetato de medroxiprogesterona oral, do 15º ao 24° dias do ciclo, durante três meses

 

Questão 132:

Em uma paciente que apresenta hemorragia uterina na pós-menopausa, deve indicar-se:

A) injeção de estrógenos conjugados, por via venosa, porque a causa da hemorragia, nesta idade, é devida à queda das concentrações de estrógenos

B) coleta de material para citologia oncológica, porque é a idade em que predominam os estádios invasivos do câncer de colo uterino

C) dosagem de beta-HCG, para afastar a ocorrência de coriocarcinoma

D) curetagem da cavidade uterina, para verificar, pelo padrão do endométrio, o hormônio que está em falta

E) curetagem da cavidade uterina, para afastar a ocorrência de carcinoma de endométrio

 

Questão 133:

Uma paciente com 44 anos, nuligesta, apresenta intensa hiperemia não dolorosa, atingindo toda a área da mama esquerda. À palpatação, detectam-se edema e aumento da temperatura da pele e consistência global da mama. À mamografia, observa-se espessamento da pele e desestruturação total do parênquima à esquerda. Deve indicar-se:

A) biópsia incisional da pele, incluindo uma secção do tecido mamário

B) biópsia de fragmento da mama com agulha grossa (core biopsy)

C) punção aspirativa da mama com agulha fina

D) biópsia da glândula mamária com investigação por congelação e, se confirmada malignidade, posterior mastectomia radical e Halsted

E) uso de antibióticos e antiinflamatórios por, pelo menos, um mês

 

Questão 134:

A respeito do carcinoma invasivo da mama, é correto:

A) é, certamente, uma entidade primariamente sistêmica desde o seu início

B) o exame mamográfico regular efetivamente previne o surgimento desta doença

C) a idade abaixo de 50 anos é conhecida como importante fator de risco independente para recidiva tumoral local, após o tratamento cirúrgico conservador

D) a principal causa de morte por esta doença é a invasão do gradeado costal, com sangramento e choque hemorrágico

E) o fígado é o mais freqüente local de metástase

 

Questão 135:

Na avaliação de pacientes portadoras de incontinência urinária de esforço (ME), o estudo urodinâmico não está indicado:

A) quando o quadro tem início após a menopausa

B) nas pacientes sem distopia genital

C) na recidiva após cirurgia anterior de IUE

D) nas pacientes com urge-incontinência e noctúria

E) nas pacientes com perda exclusivamente aos esforços

 

Questão 136:

A fibrose cística, ou mucoviscosidade, é causada por mutações no gene CFTR, localizado no cromossomo 7. A mutação mais freqüente, observada em 30% dos alelos anômalos, é a DF508. Diante de uma criança com concentração alterada de íons no suor, e manifestações pulmonares, na qual a investigação molecular detectou a presença de um alelo com a mutação AF508, é correto:

A) a criança é heterozigota para a fibrose cística e a doença pulmonar tem outra etiologia

B) a criança é heterozigota para a fibrose cística e a doença pulmonar é decorrente da presença deste alelo

C) a criança deve ser heterozigota composta para a fibrose cística, tendo o segundo alelo uma mutação menos freqüente

D) o exame deve ser repetido, porque os resultados não são coerentes

E) deve ter ocorrido dissomia uniparental, porque apenas um alelo foi detectado

 

Questão 137:

São condições associadas a aberrações de cromossomos sexuais:

A) síndrome de Turner, hiperplasia adrenal congênita, hermafroditismo verdadeiro

B) síndrome de Turner, hermafroditismo verdadeiro, síndrome de Prader-Willi

C) síndrome de Klinefelter, transexualismo, hermafroditismo verdadeiro

D) disgenesia gonadal mista, síndrome de Turner, síndrome de Klinefelter

E) disgenesia gonadal mista, síndrome de Klinefelter, transexualismo

 

Questão 138:

Na orientação de uma casal consangüíneo, em que o irmão da esposa faleceu aos três anos com doença de Krabbe, que tem herança autossômica recessiva e incidência na população de 1/90.000, recém-nascidos, é correto afirmar que, o risco para a prole, é:

A) não há risco

B) 1/3.600 ou aproximadamente 0,03%

C) ¼ ou 25%

D) 1/900 ou aproximadamente 0,11%

E) semelhante ao risco da população geral

 

Questão 139:

Com relação à anestesia na paciente grávida, é incorreto:

A) a captação e a eliminação dos agentes anestésicos inalatórios estão aumentadas

B) as manobras de intubação traqueal predispõem mais facilmente a hipóxia

C) as manobras de intubação traqueal predispõem mais facilmente a sangramento das vias aéreas

D) a efedrina constitui o vasoconstritor de escolha para o tratamento da hipotensão arterial durante a anestesia espinhal

E) as concentrações elevadas de pseudocolinesterase predispõem para maior resistência à succinilcolina

 

Questão 140:

Ao realizar uma ultra-sonografia em uma gestante, observam-se sinais de hidronefrose bilateral no feto. Este fato sugere que o feto apresenta:

A) válvula de uretra posterior

B) fimose

C) estenose de junção pieloureteral

D) refluxo vesicouretal

E) hipospadia

 

Questão 141:

Uma paciente com 17 anos, no sexto mês de gravidez, foi agredida a socos e pontapés há duas horas. Está em choque hipovolêmico e recebeu 6.000 mL de solução de Ringer lactato morno e quatro unidades de concentrado de hemácias para reanimação. O determinante no prognóstico fetal desta gestante, vítima de trauma, é:

A) a maturidade fetal

B) o estado hemodinâmico da mãe

C) o grau de hemorragia materno-fetal

D) a ocorrência de trauma abdominal fechado

E) a perfuração de uma víscera oca materna

 

Questão 142:

No dia seguinte ao contato com uma criança com rubéola, uma mulher no segundo mês de gestação procura o Posto de Saúde. Não apresentava história clínica prévia compatível com rubéola, nem vacinação. Deve solicitar-se:

A) sorologia para rubéola, a ser realizada imediatamente e, se positiva, alterar a gestante sobre a possibilidade de a criança estar infectada

B) sorologia para rubéola, a ser realizada imediatamente e, se negativa, descartar a doença

C) apenas uma sorologia, a ser realizada 15 dias após o contato, para das tempo dos anticorpos específicos serem produzidos

D) sorologia para rubéola, a ser realizada imediatamente, e outra com intervalo de 15 dias e, se for detectado aumento do título de anticorpos específicos (IgG) ou presença de IgM somente na segunda amostra, diagnosticar infecção recente

E) sorologia para rubéola, a ser realizada imediatamente e, se negativa, indicar vacinação imediata, para prevenir a doença

 

Questão 143:

A amamentação de um recém-nascido deve ser contra-indicada quando:

A) a mãe apresenta mastite

B) a mãe faz uso de analgésicos excretados pelo leite

C) na reavaliação da idade gestacional observamos tratar-se de prematuro com 36 semanas

D) a mãe apresenta tuberculose não bacilífera

E) a mãe for HIV positiva

 

Questão 144:

Grávida de seis meses, com 32 anos, sofreu atropelamento há 20 minutos. A paciente foi completamente imobilizada e transportada pelo pessoal do resgate para o pronto-socorro. Na chegada a pressão sangüínea era 20 x 60 mmHg, o pulso 100 bpm e a freqüência respiratória 16 ipm. Embora agitada, a paciente sobreviveu a suas próprias lesões. Ao exame constatou-se morte fetal. A causa provável deste óbito é:

A) trauma fetal direto

B) ruptura uterina

C) rompimento do cordão umbilical

D) placenta prévia

E) deslocamento placentário

 

Questão 145:

Grávida de 5 meses rolou de uma escada de 20 degraus, há 10 minutos, e apresentava, ao dar entrada no Pronto-socorro, lesões maxilofaciais extensas. Subitamente, desenvolveu estridor respiratório grave. As lesões múltiplas não permitem definições dos parâmetros anatômicos da boca e faringe. O exame radiográfico da coluna cervical ainda não foi realizado. Para um controle, mais seguro, das vias aéreas, deve-se proceder à:

A) traqueostomia

B) cricotiroidostomia

C) intubação orotraqueal

D) intubação nasotraqueal

E) intubação nasotraqueal guiada por endoscopia de fibra óptica

 

Questão 146:

Uma paciente é atendida no Pronto Atendimento da Maternidade, referindo-se que sua gravidez "já passou a data". Secundarista, com cesárea anterior, altura uterina de 34 cm e data de última menstruação duvidosa, pois usava anticoncepcional oral até o mês anterior à concepção. Em relação a esta paciente, é correto:

A) a ultra-sonografia pode elucidar com certeza a idade gestacional e é indispensável neste caso

B) indica-se cesárea pelo risco de sofrimento fetal, por gestação prolongada

C) está indicada amniocentese como primeira conduta, para determinarmos a idade gestacional

D) indução imediata do trabalho de parto, com cuidado devido à cesárea anterior

E) o cartão de pré-natal é de grande importância, pois ajuda na avaliação da altura uterina, início dos movimentos fetais, início da ausculta dos batimentos cardíacos fetais e outros dados

 

Questão 147:

Quanto ao Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher (PAISM) do Ministério da Saúde, é incorreto:

A) preconiza o atendimento sa população feminina com idade acima de 10 anos

B) tem como ponto principal o atendimento das doenças ginecológicas, com ênfase para o câncer de colo e ovários

C) a rede básica de atenção responsabiliza-se pelo atendimento das gestantes com pré-natal normal

D) preconiza o atendimento integral da população feminina

E) baseia-se em dados epidemiológicos da população feminina brasileira, que apontam as doenças cardiovasculares como a primeira causa de óbitos

 

Questão 148:

A vacinação preconizada no Programa de Atenção à Saúde da Mulher, durante o período gestacional, para as mulheres não imunizadas, é:

A) antitetânica

B) antitetânica e imunização contra rubéola

C) antitetânica e imunização contra hepatite B

D) imunização contra rubéola e hepatite B

E) não se preconiza vacinação durante o período gestacional

 

Questão 149:

As contrações de Braxton-Hicks caracterizam-se pelas condições a seguir, exceto:

A) têm importância no processo de esvaecimento do colo uterino em primigestas

B) apresentam tônus entre 3 a 8 mmHg

C) apresentam freqüência baixa e são indolores

D) podem ser percebidas pela gestante

E) possuem tríplice gradiente descendente

 

Questão 150:

Uma paciente com 44 anos, G4P3A1 (PN3), apresenta incontinência urinária aos esforços moderados, há cinco anos. Nega enurese noturna. Ao exame apresenta cistocele grau I e ruptura perineal grau II. Realizou perineoplastia (KK + ME) há quatro anos, com recidiva da sintomatologia após um ano. A avaliação urodinâmica mostrou pressão de perda aos esforços (manobra de Valsalva) de 25 cmH2O. O provável diagnóstico é:

A) instabilidade do detrusor

B) insuficiência esfincteriana intrínseca

C) hipermobilidade uretral

D) hipocontratilidade do detrusor

E) baixa complacência vesical